As 5 Melhores Performances de Canto do cinema

Joaquim Phoenix como Jhonny Cash

Hoje em dia para ser laureado no mundo do cinema o artista precisa ser quase completo. É necessário atuar bem, dançar bem e, se possível, cantar bem. Não é incomum, por exemplo, vermos cantores se aventurando no mundo da dramaturgia. De Miley Cyrus à Madonna, Michael Jackson e Elvis Presley; passando por Queen Latifah, Olívia Newton John e Mark Wahlberg; e chegando à David Bowie, Jon Bon Jovi, Cher e o ótimo Justin Timberlake.

Mas nem todos conseguem se dar tão bem como a última turma. E em alguns casos, a interpretação chega a ser constrangedora. Como quando você assiste Battleship: A batalha dos mares (2012) e logo pensa: “É, Rihanna. Como atriz, você é uma ótima cantora”.

A história também se repete do outro lado da moeda. Temos atuações bem ruinzinhas como a do icônico Javert de Russel Crowe – para mim ele foi a nota dissonante de Les Miserables (2012) – ou Ryan Gosling no supervalorizado La La Land (2016). Mas também existem boas interpretações “cantantes” como a da ótima Anna Kendrick e todo o elenco de Pitch Perfect (2012) (um ótimo filme que não estará na lista por merecer um post único) e a bela e talentosa Emma Stone, também em La La Land.

Seguindo a mesma linha da lista que fiz esta semana sobre atores em cenas de dança, enumero aqui 5 cenas em que atores mostram todo seu dote musical e mandam bem – ao menos na minha opinião.

 

 

5 – Dan Aykroyde & John Belush / the Blues Brothers – Everybody Need somebody (The Blues Brothers)

Os Irmãos Cara de Pau (1980) fizeram as minhas Sessões da Tarde na infância. O filme está entre o top 10 dos que mais gosto e todos os tempos. E os atores mandaram tão bem que realmente montaram a banda, lançaram discos e fizeram shows. A obra conta ainda com participação de lendas como Ella Fitzgerald, Ray Charles, John Lee Hooker, dentre outros. Vale a pena demais!

 

 

4 – Antônio Banderas / A Balada do Pistoleiro – Cancion del Mariachi (Los Lobos)

Robert Rodriguez arrasa, não é? Mesmo as críticas não terem sido muito favoráveis ao filme, eu gostei bastante dessa versão da história do famoso El Mariachi. E Banderas, apesar de espanhol, encarna de forma competente o papel do latino sedutor. Para mim, em A Balada do Pistoleiro (1995) ele mandou muito bem cantando. Divertidíssimo filme!

 

 

3 – Joaquim Phoenix / Johnny & June – Cocaine Blues (Johnny Cash)

O pódio é sempre o lugar dos melhores. E eu não poderia deixar de fora uma das mais surpreendentes interpretações musicais dos últimos anos. Joaquim Phoenix mandou tão bem como Johnny Cash em Johnny & June (2005) que foi indicado ao Oscar pelo filme. E apesar de Reese Whiterspoon – que também foi indicada – ter conquistado a estatueta, Phoenix está na minha lista porque me surpreendeu muito mais do que ela. Merecia ter vencido também.

 

 

2 – Ewan McGregor / Moulin Rouge – Your Song (Elton Jhon)

Um dos filmes que fazem parte do top 5 dos meus favoritos. Moulin Rouge (2001) é bem dirigido, escrito e interpretado. Um belo filme que sem dúvida emociona. E Ewan McGregor, o eterno Obi Wan Kenobi, mostra toda sua qualidade cantando uma das músicas mais belas da obra. Simplesmente sensacional!

 

 

1 – Anne Hathaway / Les Miserables – I Dreamed a Dream

Triste, forte, emocionante, arrebatador. Difícil classificar a atuação que rendeu um Oscar à maravilhosa Anne Hathaway em Les Miserables (2012). A cena em que Fantine canta a música principal da obra deixou muita gente sem fôlego no cinema. E tal qual Susan Boyles no  Britain’s Got Talent de 2009, nos levou às lágrimas. Primeiro lugar para uma atuação surpreendente de uma atriz fantástica. Uma das poucas vezes em que a Academia foi justa.

 

 

Compartilhe

Deixe seu Comentário